segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Fim-de-semana cinematográfico

Já que não pude votar no referendo, não tive que guardar o sábado para reflexão nem o domingo para o voto. Dediquei-me então ao cinema (e à praia porque ontem esteve um dia fantástico para se estar estendida na areia).
Fui ver o Marie Antoinette, que finalmente chegou cá. Lindo! Tudo era lindo, desde a Kirsten à cor, passando pela história, os cenários, o guarda-roupa. Acho que só pecou pela pouca atenção prestada à vida dela na Áustria. Teriam bastado 5 minutos a mais de filme para se compreender melhor o choque de chegar a Versailles.
Fui também ver o Blood Diamond. Muito bom. Este tipo de cinema têm o mérito de nos deixar a pensar, mesmo que o filme tenha algo de ficção e exagero. E o DiCaprio... ai o DiCaprio... bem, como sempre. Espero que este ano lhe seja feita justiça nos Oscares. Já não há paciência para os eternos rejeitados da Academia. Ele merece, por este papel e por outros que já fez. Não esquecer, por exemplo, que foi ele que salvou o Catch me if you can de ser mais um filmezinho. É triste se acontecer a DiCaprio o que aconteceu a Al Pacino: sempre perdedor até que lhe darem o Oscar por um papel muito inferior a todos os que já tinha feito, qual prémio de consolação por todos os outros que já tinha perdido. Sim, DiCaprio para o Oscar!

2 comentários:

Chimaera disse...

Marie Antoinette, não comento porque não vi. Agora, Blood Diamond, grande filme mesmo. Estão todos mesmo muito bem. O senhor que representa o pai (cujo nome não me lembro) muito bem nomeado. Jennifer Connely no melhor de sempre (acho que merecia mais um Óscar de melhor actriz secundária aqui que com uma mente Brilhante). Leonardo DiCaprio, enfim com filmes à sua categoria. Depois de um adolescente sobredotado para a representação como se pôde observar em Gritos de Revolta, só lhe foram dando papéis de "menino bonitinho". Folgo em que ver que finalmente a indústria anda a retribuir o que ele dá à indústria.

Devo admitir que não conheço a concorrência para o Óscar, mas acho a nomeação mais que merecida. Um grande actor, num grande papel, num excelente filme!

Beijos Susaninha desta que também não pôde ir votar. Isto de ser exilada tem os seus contras.

Carol disse...

DiCaprio para o Oscar, sem dúvida!