quinta-feira, dezembro 21, 2006

A Caminho...

Daqui a umas horas parto para Portugal. Amanhã, quando acordarem, já aí estou. Isto se não forem muito madrugadores, vá ... Ao fazer a mala, concluí que não tenho quase roupa nenhuma e que os presentes que se partem têm que ir ao pé de mim no avião porque não há roupa para os acondicionar. Estou a falar a sério. Agora que tenho ordenado não compro roupa quase nenhuma. Tristeza. Esperemos que os senhores da segurança do aeroporto não sejam muito chatos comigo. As regras de segurança aqui são de tal forma apertadas que eles chegam a revistar as malas e a despir as pessoas. Eu tenho tido sorte e da última vez nem a mala abriram (para além do pormenor de um dos seguranças me ter pedido o número de telefone e ainda hoje de mandar mails). Desta vez, vou voar com a El Al, a companhia israelita, por isso acho que não me escapo a um controlo apertado. Desde que não me façam perguntas estúpidas, eu mantenho a calma.
Nas próximas duas semanas não me falem de Israel, Territórios Ocupados, Direitos Humanos, Síria, Irão, Processo de Paz e Médio Oriente! Prefiro saber o que se passa na "periferia do mundo".Amanhã vou ver as luzinhas de Natal em Lisboa (eeeeeeeeeeeeehhhhhh!!!) e depois rumo a Coimbra para o rasganço da socióloga mais gira do país.Ora, dado que vou viajar a noite toda, que não vou ter tempo de descansar e que a meio da tarde começa a grande festança, aqui fica a minha resposta aos apelos ao orgasmo global pela paz

2 comentários:

Joao Miguel disse...

Susana, desejo-te um Feliz Natal cheio de alegria e na companhia de toda tua familia.
Eu este ano fico-me pelo Brasil
bjokas

Carol disse...

Minha Susaninha linda, estou em verdadeira contagem decrescente para o teu regresso à "santa terrinha". Quando chegares tenta fazer uma sesta porque a noite será muito longaaaaaaaaaa :)