domingo, outubro 29, 2006

Who killed Laura Palmer?

Continuo sem saber.
Ver o Twin Peaks é como ter um daqueles almoços deliciosos que duram uma tarde inteira e que os deixam de barriga cheia, mas onde falta o quadradinho de chocolate no fim, para rematar. Caso contrário, ficamos desconsolados e com vontade de mais.
Já que não há o DVD da 2ª série (que parece que é um fiasco), resta-me esperar pelo Natal para ver Os últimos sete dias de Laura Palmer.

3 comentários:

francisco luís meireles disse...

As surpresas continuam... pois é... David Lynch é apenas o meu realizador preferido e Twin Peaks a única série que vi semana atrás semana, religiosamente, não até ao fim, mas até ao momento em que a história de Laura Palmer se resolveu... seguiram-se de facto uns episódios de duvidosa qualidade... Quanto ao filme, obviamente faz parte da minha colecção...
Beijo

Susaninha disse...

E olhe que também gosto muito de Milan Kundera, Tom Jobim, Gainsbourg, Eyes Wide Shut e Punch Drunk Love.

francisco luís meireles disse...

Decididamente já sinto saudades da susana, ainda antes de a conhecer... o que não deixa de ser um pouco absurdo... mas o absurdo sempre me fascinou!