terça-feira, outubro 09, 2007

Hoje acordei a pensar nisto

Toda a gente já ouviu a história do tipo que vai fazer o teste da SIDA, o resultado é VIH positivo, fica em pânico, acha que a vida acabou, repete o teste por descargo de consciência, o resultado é VIH negativo, vai-se ver foi erro do laboratório, a história tem um final feliz.
E o tipo que faz o teste, dá VIH negativo, pensa "Ufa, livrei-me desta", fica todo contente, vai comemorar, mantém os comportamentos do costume (aqueles de risco que o levaram a fazer o teste)? O que lhe garante que, no seu caso, o laboratório não errou?
Alguma vez alguém repetiu um teste que tenha dado negativo? Se os laboratórios eram nuns casos, não podem errar noutros?

6 comentários:

Thomaz Napoleão disse...

Morreremos de qualquer jeito ao final, não? A existência é um filme cheio de spoilers.

Piston disse...

http://portugalgay.pt/dst/sida_faq.asp?id=4

"O teste é fiável?
Muito. A tua amostra de sangue é testada por duas vezes, usando de cada vez um teste diferente. Cada um destes tem uma percentagem de fiabilidade acima de 98% e os dois em conjunto não deixam quase nenhuma margem para erro."

playmaker 10 disse...

Oh diabo!

Mas em que raio de vida anda a menina metida?

É saunas, Erasmus, lesbicas, VIH's...

Susaninha disse...

Pois, vistas assim as coisas...
Ando a dar uma má impressão sobre a minha vida, ando.
E o pior é que os meus pais vêm aqui ao blog.
:s

Caroli disse...

Tb pensei nisso... quem leia estes ultimos posts..! Mas nós sabemos que sao apenas as tuas filosofias/reflexoes.. no worries!

Achei muito acertada a pergunta do "alguem alguma vez repetiu um teste que tenha dado negativo?" Porque por muito que seja assim tao fiavel como diz o piston no seu comentário, SE FALHA NO POSITIVO, tb ha-de poder falhar no negativo.

Anaipa disse...

ao que eu pergunto... será que não é apenas uma troca de envelopes ... qual troca de bebés no berçário???