quinta-feira, junho 21, 2007

A China seria o paraíso...


... não fosse aquele pequeno pormenor. Mas aí reside o cerne da questão: o pormenor é, de facto, muito, muito pequeno.

7 comentários:

Tó do Samouco disse...

Para além disso, os chinocas parecem todos iguais...

Tó do Samouco

www.samoucoaorubro.blogspot.com

Sapinho disse...

MUAHAHAHAH!

Talvez seja por isso que se esforçam tanto para compensar noutros campos...

... ainda que, se olharmos para o caso do Tibete, o tamanho não é tudo.

Headache disse...

1 - Não têm gajas, por isso fartam-se de trabalhar

2 - Terão que ir para os países vizinhos à procura de par

JFFR disse...

Com ou sem "pormenorzinho", os chineses são feios dos pés à cabeça, desculpem lá. Não há nada ali que escape

PATRICIA M. disse...

Suzaninha, e depois voce despreza o okidoki man... Sabia voce que os chineses, alem de ter aquilo pequeno, ainda comem de boca aberta? Eh uma nojeira so, haha.

Antes um sueco okidoki do que um chines porcalhao...

PS: desculpa me intrometer assim de repente... :-)

Susaninha disse...

Pois, eu também já vi um chinês a comer... ainda tenho pesadelos. Mas, agora pensando nisso, também já jantei com outro chinês (eu e mais 5 ou 6 pessoas, nada de imaginar como é que eu da história do tamanho) e ele até se comportou.
Com as coisas que eu escrevo, podem intrometer-se à vontade... à vontadinha!
:)

Thomaz Napoleão disse...

Desististe da Escandinavia?

E se a China é quantitativamente (mas apenas assim) o paraiso para as mulheres, a Russia é o paraiso para os homens em termos qualitativos e quantitativos!