quarta-feira, abril 25, 2007

Delírios de quem já vai no terceiro dia de feriado seguido

Delírio 1: Alguns junior officials da comunidade internacional daqui conspiraram e chegaram a um plano bastante interessante. Se a solução de dois Estados não tem concretização à vista, talvez o melhor seja recuperar o plano de um Estado binacional. Assim, o país gozaria os feriados judaicos e palestinianos. Para além destes, as missões diplomáticas ainda gozariam os seus respectivos feriados nacionais.
Delírio 2: Se os senhores de Bruxelas querem forjar uma identidade europeia, eu proponho que, em vez de manuais de História comuns, cada país comemore os feriados dos restantes Estados-membros, de forma a todos partilharem os valores e a História nacional de cada um. Assim, por toda a Europa seria feriado a 10 de Junho, a 14 de Julho, a 30 de Abril, etc, os católicos celebrariam os feriados protestantes e vice-versa. E, claro, o dia 9 de Maio também seria feriado. Incluam isso na Constituição Europeia e vejam se os franceses e os holandeses não vão logo a correr aprová-la.

5 comentários:

Isabel disse...

Ora aí está uma boa ideia! Já ganhaste!

Caroli disse...

Voto a favor!

Thomaz Napoleão disse...

Certissimo! Todo mundo sabe que a identidade de uma nação é feita pelos seus feriados!

(quer uma prova? o dia nacional da Russia não se chama "Dia da Russia", e sim "Dia NACIONAL da SOBERANIA DE ESTADO da FEDERACÃO da Russia"! isso explica muita coisa)

Chimaera disse...

Visto o grande numero de funcionários públicos em França... acho que a Constituição era logo aprovada. LOL

Filipa disse...

a minha crónica dificuldade de adaptação à vida normal faz-me votar a favor! ainda bem que amanhã é feriado...