domingo, setembro 30, 2007

Do porque de nem todos poderem ser agente secretos

A dormiu com B e fez-lhe saber que não era suposto a coisa tornar-se do domínio público.
No dia seguinte, B contou a C, pedindo-lhe segredo absoluto.
Logo que chegou a casa, C contou a D, avisando sobre a confidencialidade da informação.
Hoje, D contou-me a mim, mais uma vez, sublinhando a necessidade absoluta de manter segredo.
E por aqui vai ficar, que os meus princípios não me permitem andar a espalhar informação classificada.
Mas até sei que F, G e H adorariam saber. É que é mesmo uma grande fofoca. Uma escandaleira!

3 comentários:

Bruno disse...

Então é assim que funcionam os boatos... Huuummmm...

prof disse...

hello
write a letter to a great personnalitie!
i post your letter
shalom
marcel
France
jewisheritage.fr

Anaipa disse...

e quando chega a Z... é porque a Moura Guedes vai anunciar no Jornal Nacional???